Atendimento: (19) 3563-2525

Enviado em 04/11/2017

Relatório 17328

Que a graça e o amor do Pai estejam com cada um,
Amigos e parceiros dessa grande obra, nós estamos com os corações alegres, pois voltamos para nossa casa na Indonésia, foram 4 meses no Brasil onde pudemos visitar igrejas parceiras do trabalho e também um tempo de novas parcerias.
Fomos muito abençoados por onde passamos, as igrejas que nos receberam nos mostraram como é bom servir a Deus, igrejas com carinho e amor fraternal que só o Espírito Santo pode proporcionar.
Estamos muito esperançosos por esse novo tempo que está nascendo em missões na Indonésia, novos projetos, novas parcerias, esse tempo no Brasil Deus renovou as nossas forças.
Queridos, esse tempo no Brasil nós estávamos levantando recurso para alguns projetos, alguns nós conseguimos bater a meta colocada, outros ainda não, um desses projetos é a casa de uma viúva aqui na Indonésia.
Essa senhora tem 69 anos e mora com seus dois netos, ela perdeu o marido e também seu filho, com isso ela tem que trabalhar sozinha para levantar o sustendo de sua própria casa, infelizmente o salário que ela recebe por mês não passa de R$42,00 (quarenta e dois reais), sua casa é um casebre de madeira com telhado de folhas de palmeira, não tem rede de esgoto nem água potável. Quando chegamos a casa dessa senhora ela não tinha nem o que comer, então Danúbia e eu a adotamos com uma cesta básica por mês, porém queríamos fazer mais. Tentamos levantar um valor para construir uma casa pra ela e o valor da casa ficaria entorno de R$10.000 (dez mil reais), mas, infelizmente conseguimos somente a metade do valor, então precisamos levantar o restante do recurso para podermos construir uma casa digna pra ela e seus netos.
A situação dela se agravou nessa última semana, pois uma parte da casa dela caiu, e agora ela está morando com uma vizinha, então peço aos irmãos que nos ajudem nesse propósito. Você pode doar qualquer valor, pois juntos podemos fazer algo de especial para essa viúva.
Contamos com a ajuda e a oração de cada um.
Um grande abraço no amor do Mestre.
Pr Humberto Lima e Danúbia Lima