Atendimento: (19) 3563-2525

Enviado em 01/08/2017

Relatório 17052


MISSIONÁRIO FAMILIA ABDULMASSSHI
PROJETO EGITO/ JUNHO 2017
"Em Cristo e por Missões, alcançando todos os povos da terra nesta década”.

Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.
2 Timóteo 4:8
Amados intercessores
Já se passaram mais de 2 meses desde que enviamos nossas últimas notícias, a correria, as muitas responsabilidades e mudanças nos impediram de estar mais próximos de vocês, nosso desejo é que todos estejam bem, saibam que não abrimos mão da presença de vocês em nossas vidas, nossa caminhada está apenas tomando um novo rumo e vocês indispensáveis em nossos novos desafios, continuem orando e nos acompanhando para que juntos possamos tomar posse da coroa que nos foi prometida, vocês são coparticipantes de cada uma de nossas conquistas.

SAÍDA DO CAMPO
Nossa saída foi dolorosa por um lado, mas repleta de celebrações por outro, ao mesmo tempo que deixávamos para trás 10 anos de uma vida edificada com a poderosa mão do senhor a nosso favor, e com toda nossa entrega e amor, experimentávamos a gratidão do povo egipcio em cada reunião, em cada abraço, em cada lágrima derramada, a satisfação em nosso coração de ter participado da edificação e restauração de vidas é imensurável, a misericórdia do Pai nos permitiu deixar um legado, um grupo de obreiros nativos que continua com o sonho, uma família brasileira que tomou o “nosso bastão” e também poderão escrever sua história nesta nação que entrou em nossas vidas para não mais sair, nós saímos do Egito, mas o Egito não saiu de nós.
CHEGADA NO BRASIL
Chegamos no Brasil no exato dia em que completou 10 anos de nossa chegada no Egito, dia 10 de Junho. Fomos direto para Anápolis, onde Eu, Muna, Moses e Joseph passamos 2 semanas no centro Oasis, local de restauração e aconselhamento cristão, Hanna que já estava no Brasil há dois anos não pôde ir devido à faculdade. Foi um período maravilhoso onde fomos tremendamente ministrados, pudemos desacelerar pelo menos um pouco, fomos diagnosticados com várias questões que exigirão um bom cuidado nos meses seguintes, Muna continua extremamente fragilizada emocionalmente, o diagnóstico da síndrome de esgotamento emocional continua alto, Moses também foi diagnosticado com esgotamento alto, pudemos avaliar vários pontos de nossas vidas, principalmente nossa fraquezas para que possam ser trabalhadas e nossos próximos passos possam ser tomados de maneira saudável.
Minha irmã preparou um pequeno apartamento para nós, começamos então a comprar a mobília e na próxima semana já poderemos mudar para nossa nova casa, Hanna continuará na casa de minha sogra por que o espaço é pequeno, porém, estará conosco nos finais de semana, refeições e momentos juntos, afinal, queremos usufruir o máximo um do outro pois sabemos que o tempo dos filhos criarem “asas” e deixarem o ninho já começou. Moses continua o desafio de encontrar uma universidade ou mesmo de tentar recomeçar seus estudos no Brasil, Joseph começa esta semana suas aulas em uma escola em nossa cidade que o aceitou, orem por sua adaptação, aprendizado do português acadêmico e socialização com novos amigos, orem também para confirmação de direção do Senhor para vida de Moses, que o Senhor confirme em seu coração também cada passo.
ÚLTIMO ADEUS
A misericórdia do Senhor permitiu que eu pudesse voltar ao Egito este mês, precisei acompanhar um grupo de brasileiros que veio visitar o país e também a terra Santa, essa visita está me permitindo finalizar várias questões que não foram possíveis antes, devido à burocracia do país, como consularizar e carimbar os documentos escolares de Moses e Joseph, terminar de vender nossos móveis, fechar conta bancária (foram 75 dias somente para este processo) também transferir o meu carro para o nome do obreiro que está assumindo algumas das responsabilidades minhas aqui, também finalizar várias questões referentes ao ministério com obreiros nativos, ou seja, estamos conseguindo fechar um ciclo, como se não bastasse, o Senhor preparou algumas surpresas que fizeram meu coração palpitar.

REBECA
Os intercessores que me acompanham há pelo menos 7 anos se lembram dela, encontramos esta moça (de origem palestina), recém convertida, órfã de pai e mãe, sofrendo perseguição pela sua nova fé, com tumor no joelho e cirurgia de amputação de sua perna marcada, pudemos cuidar dela, pastorear, discipular, encaminhá-la para o mergulho nas águas, e principalmente, ver o Senhor operar o milagre da cura em sua perna. Depois deste período deixamos Rebeca aos cuidados da igreja local, ela se casou e deixou o país, não tivemos mais contato. No meu último dia antes de sair daqui nos encontramos através do WhatsApp, ela havia morado na Turquia e fugiu para a Grécia através de um barco de plástico que naufragou, ela foi milagrosamente resgatada, viveu 6 meses em um campo de refugiados em uma ilha grega, há dois meses conseguiu chegar na capital, na minha viagem de retorno do país vizinho para o Cairo fiz uma conexão na Grécia, pude encontrá-la e foi maravilhoso, foram muitas lágrimas, ela disse que achou que o Senhor havia abandonando-a, mas agora ela sabia que não, pude oferecer alguns cuidados e alguns amigos da Europa já estão se mobilizando para resgatá-la e cuidar dela. Orem por Rebeca, ela é um milagre vivo, está agora com 30 anos de vida com uma história repleta de perdas e danos, mas o senhor a tem preservado em meio a tudo isso, cremos que há muito mais por fazer e acontecer em sua vida.
BEDUÍNO DAS MONTANHAS
Durante o trabalho que realizei atendendo o grupo de brasileiros, pude me encontrar com Khaled, gastamos algumas horas juntos e ele abriu seu coração, está sedento pela boa semente e esta semana, antes de retornar ao Brasil irei visitá-lo, é uma viagem de 1200 quilômetros entre ida e volta, passaremos dois dias isolados nas montanhas e este tempo será importantíssimo para ministração e que sua fé crie raízes, suas orações são essenciais para que o Senhor me dê graça nesta visita, ele quer me introduzir para sua tribo, ele tem esse direito por ser o chefe de sua família, uma vez que seu pai já faleceu. Trata-se de um grupo isolado que imigrou para as montanhas só 51n41 há mais de 600 anos, ele já leu nosso livro escondido mais de uma vez, ele quer usar este tempo para tirar todas as suas dúvidas. Essa oportunidade é um sonho que perseguimos desde 2009, e agora está prestes a se tornar realidade, convido você a vir comigo nesta viagem, sabemos que o Senhor é o maior interessado em glorificar seu nome.
NOVO TEMPO, NOVOS DESAFIOS
Por favor, não deixem de clamar ao Senhor por nossas vidas, essa transição é importantíssima para que possamos tomar posse do que está por vir, orem pela saúde de Muna, por qualidade de tempo com Hanna, pelos estudos de Moses e Joseph, por nossa adaptação no Brasil, por nosso tempo com a igreja, que possamos abençoar e sermos abençoados por ela, orem por nossas decisões quanto ao futuro, que nossa nova etapa seja confirmada, que em nossa próxima carta possamos compartilhar mais boas novas.

Amamos cada um de vocês

Em Cristo
Sobher, Muna, Hanna, Moses e Joseph

Líder em Campo: restrito
Líder em Base: Andreia Mariano